Pós-graduação em Psiquiatria: 4 vantagens de investir na carreira

Já conhece as principais vantagens de investir na carreira de psiquiatra? Na IPEMED, oferecemos um excelente curso de Pós-graduação Médica em Psiquiatria. Veja, então, como funciona essa especialidade e como aproveitar as principais oportunidades no mercado de trabalho.

Confira as valiosas informações que apresentaremos sobre essa especialidade. Ainda, saiba como atuar nessa área e se tornar um profissional de destaque no setor da saúde mental. Aproveite a leitura!

Como é a formação em Psiquiatria?

O psiquiatra é o especialista que cuida da mente, com ênfase na melhoria da saúde psicossocial. Diferentemente do psicólogo, o psiquiatra pode diagnosticar transtornos mentais oriundos de alterações fisiológicas, mas que podem influenciar no comportamento, e prescrever a devida medicação.

Assim, essa área é focada em aspectos que visam entender os fenômenos da mente humana e a influência destes na conduta comportamental de cada ser. Em tese, a Psiquiatria tem a função de promover a saúde no sentido de assegurar o bem-estar mental dos pacientes.

Para atuar nesse ramo, o médico pode ser generalista, apenas com a graduação em Medicina e o registro profissional no órgão de classe — o Conselho Regional de Medicina (CRM). Contudo, para obter o RQE (Registro de Qualificação de Especialista) e atuar como especialista, o médico precisará fazer uma Pós-graduação em Psiquiatria (e passar na respectiva prova de título, além de cumprir os demais requisitos exigidos pela Associação Brasileira de Psiquiatria) ou Residência Médica nessa área.

Principais conteúdos abordados na formação em Psiquiatria

Na IPEMED, a Pós-graduação em Psiquiatria inclui conteúdos centrados em questões mais discutidas na prática clínica. Entre as mais relevantes destacam-se:

  • Transtornos do desenvolvimento;
  • Psicopatologia;
  • Psiquiatria clínica;
  • Psicofarmacologia;
  • Emergências psiquiátricas.

O que faz um médico psiquiatra?

O psiquiatra é o especialista na prevenção, diagnóstico e tratamento da saúde mental. Ele pode atuar individualmente ou em equipe multidisciplinar. Ele atua focado na promoção da reabilitação de pacientes que apresentam distúrbios mentais orgânicos ou psicossomáticos.

Sob essa ótica, os mais relevantes são o Transtorno de Ansiedade Generalizada (TAG), depressão, transtorno bipolar, demência, esquizofrenia e problemas relacionados à adicção em drogas. Logo, para garantir melhores resultados nas terapias — que objetivam o bem-estar psíquico do paciente — esse profissional realiza uma avaliação diagnóstica completa.

Para complementar a anamnese, o médico pode solicitar exames diversos sobre as patologias e distúrbios apresentados pelo paciente. Tanto poderá realizar exames físicos como exames laboratoriais e de imagem. Nessa investigação, exames como eletroencefalograma, angiografia cerebral, tomografia e ressonância magnética são muito importantes.

Nessa abordagem, é necessário considerar as perspectivas biológicas, fisiopatológicas, genéticas psicológicas, assim como os fatores socioculturais. Além disso, cada paciente apresenta particularidades que devem ser consideradas como critério diferencial na escolha das melhores intervenções terapêuticas.

Em que áreas o psiquiatra pode atuar?

Quem faz Pós-graduação em Psiquiatria pode atuar em diversas frentes de trabalho, confira!

Médico especialista

O especialista em Psiquiatria pode atuar em consultórios, clínicas médicas, com telemedicina e em hospitais de grande porte. Esse profissional pode prover assistência especializada aos pacientes desde o tratamento ambulatorial até as emergências psiquiátricas — como surto psicótico e suporte em casos de tentativa de suicídio.

Associações médicas

Dependendo da necessidade do paciente, o psiquiatra também pode atuar em conjunto com outros profissionais. Muitos médicos psiquiatras formam associações profissionais em clínicas próprias e oferecem serviços em parceria com neurologistas e psicólogos.

Dessa forma, o psiquiatra trata as alterações comportamentais resultantes das modificações cerebrais, enquanto o neurologista oferece suporte nas doenças do sistema nervoso. Por sua vez, o psicólogo foca no autoconhecimento e nas emoções dos pacientes. Ou seja, além de identificar a doença e encaminhar o paciente ao psiquiatra, o psicólogo promove o fortalecimento emocional para que eles consigam conviver com os desafios gerados por esses transtornos.

Concursos públicos

Todos os anos surgem inúmeras oportunidades para processos seletivos na área médica. Em nosso país, os municípios precisam se adequar às normas do Ministério da Saúde (MS) quanto à oferta de atendimento gratuito em áreas básicas e em especialidades médicas.

Com a ampliação desses serviços, a oferta de vagas para quem tem formação em Psiquiatria tem aumentado bastante. Sendo assim, quem investe em aperfeiçoamento profissional tem muito mais chance de ser selecionado em concursos públicos e de alcançar a tão sonhada estabilidade profissional e financeira.

Magistério superior

Outra ótima alternativa de emprego é o magistério superior. Os profissionais da Psiquiatria têm muitas oportunidades de lecionar em faculdades particulares e públicas. Além do curso de Medicina — que tem, obrigatoriamente, disciplinas centradas em saúde mental — os psiquiatras podem dar aulas para outros cursos da área de saúde também.

Empresas

Com a pandemia de Covid-19, houve um sensível aumento na demanda por acompanhamento psiquiátrico em diversos setores da sociedade. Nesse contexto, as empresas passaram a contratar psiquiatras e psicólogos para auxiliar no suporte emocional de seus colaboradores. Assim, os profissionais desse campo ampliaram a sua área de atuação.

Quais são as 4 vantagens de investir nessa carreira?

Para além das inúmeras alternativas de atuação, listamos os maiores benefícios de fazer essa Pós-graduação em Psiquiatria, investir na atualização médica e conquistar um espaço reconhecido no mercado. Confira quais são!

1. Mais oportunidades no mercado

Como já descrito, quem faz Pós-graduação em Psiquiatria possui diversas possibilidades de atuação. Mas não só isso, o investimento na educação continuada eleva as chances de conseguir os melhores empregos na área médica. São diversas oportunidades promissoras em que o profissional pode expandir sua carreira e aplicar seus conhecimentos.

2. Melhores salários

Segundo o site da Catho, o salário de um médico psiquiatra pode variar de acordo com a qualificação, a experiência do profissional e a carga horária trabalhada. No entanto, essa é uma das especialidades que pagam os melhores salários. Os vencimentos médios por apenas 20 horas semanais giram em torno de R$ 5.869,00.

3. Treinamento de habilidades específicas

Ao investir nessa formação, o médico será capacitado em diferentes âmbitos da rede de atenção psicossocial. Isso propicia o maior desenvolvimento de competências técnicas, assim como de habilidades organizacionais e solução de desafios inerentes ao cargo.

4. Desenvolvimento de uma visão holística na prática clínica

A Pós-graduação em Psiquiatria possibilita o preparo do médico para avaliar o paciente com um olhar holístico. Assim, a atenção será integrada sob uma perspectiva fisiológica, psicológica e sociocultural.


Que tal conhecer o curso?

O foco da Pós-graduação em Psiquiatria da IPEMED é otimizar o processo de assistência integral no âmbito da saúde mental. Nessa formação, o profissional terá a oportunidade de aprimorar o raciocínio clínico e focar em parâmetros que permitam decidir a melhor terapêutica, com vistas à eficácia do tratamento.

Agora que já sabe as vantagens de investir nessa área, faça a sua inscrição na Pós-graduação em Psiquiatria IPEMED! Fale com nossos colaboradores!

Autor(a)

Os médicos que leram esse post, também leram:

Todos os Posts