Começando na medicina: 5 dicas para o início da carreira médica

A Medicina é uma das carreiras mais promissoras no atual mercado de trabalho. Esse é um ramo que possui várias áreas de atuação e boas oportunidades de emprego em hospitais públicos e particulares, clínicas e centros de pesquisa, por exemplo.  

Porém, para ter sucesso na profissão é preciso se atualizar constantemente, além de muita dedicação, principalmente no início da carreira. Para te ajudar nesse início na medicina, separamos algumas dicas para quem acabou de se formar. Confira:

1. O que fazer depois de se formar?

Quem acaba de se formar em medicina pode atuar como generalista em um hospital ou centro de saúde, em uma clínica própria, atuar por contratação CLT ou PJ. O clínico geral atende casos de baixa ou média complexidade presencialmente, por telefone para primeiros socorros ou através da telemedicina, que se tornou muito comum durante a pandemia.  

Além disso, também pode optar pela residência médica ou por uma especialização.  

2. Escolha sua carreira médica

  • Para trilhar seu caminho na medicina é fundamental avaliar suas preferências e habilidades individuais. Assim, você consegue saber se vai atuar como um clínico geral, especialista, seguir na carreira acadêmica com pesquisa e até mesmo se tornar um professor.  
  • Para quem tem um perfil mais voltado à pesquisa, ser professor universitário é uma ótima opção. O ensino superior está ligado à pesquisa científica, auxiliando em indústrias farmacêuticas, médicas e outras áreas da saúde.  
  • Outro caminho é se tornar um empreendedor, liderar grandes empresas, hospitais, clínicas ou rede de laboratórios, por exemplo.  
  • A atuação em empresas de tecnologia que desenvolvam produtos e soluções digitais voltadas à saúde também é uma possibilidade que está em crescimento.

3. Conheça seus pacientes

Geralmente, essa percepção demanda anos de experiência. No entanto,manter uma boa relação com o paciente  é importante para prestar um bom atendimento.  

Sendo assim, aposte em uma conversa mais informal no atendimento ao paciente. Isso permite que você conheça o estilo de vida, o grau de instrução, sua história. Assim, você vai conseguir atendê-lo de forma mais completa.

4. Use recursos tecnológicos

A tecnologia já faz parte do nosso dia a dia. Em consultórios, ter um software médico que conte com agenda, telemedicina, receitas, faturamento e outras ferramentas é essencial. Já quem atua em pesquisa pode usar dados coletados em prontuários digitais para dar suporte às suas descobertas.   

Explorar as redes sociais para fazer networking e marketing também é fundamental para todas as áreas da saúde, principalmente se investir em uma clínica.

5. Mantenha-se atualizado

Atualizar-se com cursos, palestras e especializações é muito importante para qualquer médico. Quanto mais conhecimento você obtiver, mais credibilidade irá alcançar entre os pacientes e colegas e mais experiente você será para fazer diagnósticos e indicar tratamentos eficientes.

A pós-graduação ou a especialização faz com que o estudante possa tanto focar em um nicho da área, quanto para se atualizar sobre o que está em alta no mercado.  

Geriatria, dermatologia, endocrinologia, psiquiatria e pediatria são algumas das diversas áreas que o profissional pode escolher para seguir sua carreira de sucesso.

Autor(a)

Os médicos que leram esse post, também leram:

Todos os Posts