Saiba por que a Geriatria é uma das áreas mais promissoras da Medicina

Autor(a)

Pode ser complicado optar por uma entre tantas especialidades médicas, não é mesmo? Para facilitar a sua escolha, hoje queremos falar um pouco sobre a Geriatria. Não se trata de uma especialidade nova. Mas sim, uma atividade que tem tido uma alta demanda por profissionais capacitados e deve continuar crescendo nos próximos anos. Quais os motivos para esse fenômeno na Medicina? Continue lendo e entenda por que a Geriatria é uma área promissora e como se especializar. Acompanhe!

Afinal, o que faz um geriatra?

A Geriatria é uma especialidade médica voltada para os cuidados dos problemas relativos ao envelhecimento. Nesse sentido, trata da prevenção, do tratamento, da reabilitação e dos cuidados paliativos de doenças e condições próprias dessa faixa etária. Isso porque o processo de envelhecimento, natural ou não, provoca impactos em todo o funcionamento do organismo, de maneira sistêmica. Dessa forma, a Geriatria pode ser considerada uma área abrangente, passando pelos diversos aspectos da saúde das pessoas mais velhas.

De certa maneira, a atuação do geriatra pode ser comparada ao cuidado oferecido pelo pediatra às crianças e aos adolescentes. A diferença é que o envelhecimento também está relacionado à prevenção de doenças. Por isso mesmo, o especialista é procurado até por pessoas mais jovens, na faixa dos 40 anos, de modo preventivo.

Por que essa área é promissora?

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), existem 30,2 milhões de idosos no Brasil. Nos últimos cinco anos, houve um crescimento de 18% no número de pessoas com mais de 60 anos. Ou seja, o envelhecimento da população brasileira já é uma realidade. Isso se deve, principalmente, devido ao aumento na expectativa de vida das pessoas. Ao mesmo tempo, houve uma queda na natalidade.

A melhoria nas condições de saúde e o estilo de vida urbano podem ser responsáveis por esse fenômeno. Desse modo, surgiu a necessidade de mais instituições e especialistas no cuidado de pessoas idosas, em diversas frentes. Na saúde, destaca-se o geriatra, que é o médico que se dedica a atender esse perfil de paciente. Afinal, a projeção é de que o envelhecimento da população continue evoluindo nos próximos anos. A demanda por profissionais especializados, sobretudo na Geriatria, só deve aumentar.

Como se especializar em Geriatria?

Para se especializar em Geriatria, é necessário que o médico faça residência médica em uma instituição credenciada pela Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM). O curso dura 2 anos, com uma carga horária de 2.880 horas-aula/ano. Também pode se tornar um geriatra quem for aprovado na prova de título de especialista em Geriatria, aplicado pela Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia (SBGG). Para tanto, são avaliados critérios como experiência na área e conhecimentos específicos, de acordo com as condições do edital de cada concurso. Uma forma de se aprofundar na área é fazendo uma pós-graduação em Geriatria.

Esse tipo de curso alia o conhecimento teórico à prática clínica, trazendo a experiência necessária para uma boa atuação profissional. Independentemente do caminho escolhido para se especializar, a Geriatria é, de fato, promissora, a qual vale a pena se dedicar. Pesquise, converse com outros profissionais e compare as especificidades dessa área com os seus objetivos de carreira.

Gostou de saber mais sobre a Geriatria? Quer entender como funciona a pós-graduação? Então, saiba se vale a pena fazer uma pós na área!

Os médicos que leram esse post, também leram:

Todos os Posts