Veja como melhorar o seu currículo médico

Autor(a)

Ao sair da faculdade de medicina, o médico recém-formado precisa lidar com uma nova realidade, bastante desafiadora. O mercado de trabalho é competitivo, e qualquer experiência ou conhecimento que agregue ao currículo médico faz toda diferença. Mas o que realmente pode ser um diferencial? Isso vai depender muito da sua área de atuação e até da sua localização. Afinal, o que é relevante para um mercado, pode não ser para outro.

Além disso, as suas preferências pessoais também devem ser consideradas, uma vez que existem outros fatores que trazem realização profissional. De qualquer forma, separamos algumas dicas para melhorar o seu currículo médico. Continue a leitura e veja como colocá-las em prática!

Participe de congressos médicos

Todos os anos acontecem diversos congressos de medicina, em diferentes especialidades médicas. Eles são uma ótima oportunidade para se atualizar e conhecer o que há de novo em determinada área. Os eventos também são uma boa forma de entrar em contato com uma especialidade de interesse, ajudando na escolha, caso esteja em dúvida. Sem contar que são muito bons para se fazer networking, entrando em contato com profissionais renomados.

Busque conhecimento em outras áreas

Se no seu currículo médico só consta a graduação e alguns eventos da área, é hora de revê-lo já! O mercado tem exigido que os profissionais sejam cada vez mais multidisciplinares, com conhecimento variado em outros assuntos. Por isso, é muito importante se informar e até fazer cursos na área da saúde, aprender a falar outros idiomas e adquirir conhecimento em gestão. Mas, principalmente, é fundamental entender sobre as principais tecnologias utilizadas na medicina.

Trabalhe em plantões e horas extras

Algo muito cobrado nos currículos médicos é experiência profissional. Porém, isso pode ser difícil se você acabou de sair da faculdade, não é mesmo? Assim, uma boa alternativa é atuar em plantões e horas extras. Além de reforçarem o currículo, essas horas a mais ajudam no aprendizado prático. Com a vantagem de serem mais fáceis de conciliar com outros compromissos e, claro, contribuírem para os seus rendimentos.

Aprenda em estágios e cursos práticos

Agora, se você quiser adquirir ainda mais prática profissional, pode procurar um estágio ou um curso voltado para o aprofundamento técnico. É uma forma de obter mais segurança nos diagnósticos e ao indicar tratamentos. Existem alguns programas voltados especificamente para os estudos práticos. Um exemplo é o Prática Clínica Avançada (PCA), no qual o médico estuda casos clínicos e pode atuar em hospitais e ambulatórios, com o acompanhamento de um preceptor.

Faça uma pós-graduação

Por fim, se o que você deseja é se aprofundar em uma especialidade, uma boa opção é fazer uma pós-graduação médica. O curso permite adquirir os conhecimentos práticos e teóricos na sua área de interesse. Uma grande vantagem é que as aulas acontecem em um fim de semana por mês. Assim, dá para conciliar com o trabalho e com outros cursos que você deseja fazer.

Independentemente das suas escolhas, o mais importante é buscar algo além do que a faculdade de medicina oferece. Tenha em mente que o seu currículo médico deve refletir os seus conhecimentos e suas experiências, estando alinhado aos seus objetivos de carreira.

Gostou dessas dicas de como melhorar o seu currículo médico? Ficou interessado na pós-graduação? Então, entenda as diferenças entre essa modalidade de curso e a residência médica!

Os médicos que leram esse post, também leram:

Todos os Posts