Aprenda a se preparar para a prova de título

Conseguir uma titulação de especialista é um grande passo para a carreira de todo médico. Assim, é fundamental fazer uma boa preparação para a prova de título, uma vez que a competição pode ser bem acirrada.

Mas você sabe exatamente como é feita a prova de título e qual a importância dela para o mercado e a prática de medicina? Vai fazer o exame e não tem ideia de como conseguir um bom resultado? Calma, vamos ajudar!

No post de hoje, explicamos todos os detalhes sobre a prova e como se preparar para ela. Continue a leitura para saber mais.

Qual a importância do exame para os médicos?

Atualmente, o Conselho Federal de Medicina (CFM) reconhece 53 especialidades médicas, como neurologia, radiologia, psiquiatria, entre outras. Para receber o Certificado de Registro de Qualificação de Especialista, concedido pelos Conselhos Regionais, os médicos precisam passar pela residência médica e apresentar um certificado de conclusão de uma residência médica credenciada pela Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM).

Entretanto, esse não é o único caminho para obter a titulação de especialista. Quem não teve acesso à residência pode fazer uma prova de título, um exame reconhecido pela Associação Médica Brasileira (AMB) e aplicado pela Associação ou Sociedade Brasileira da respectiva especialidade. Os postulantes aos exames devem preencher 2 dos 3 critérios abaixo elencados:

  • ter um registro do CRM definitivo;
  • ter concluído um programa de especialização credenciado por sociedade de especialidade médica reconhecida pela Associação Médica Brasileira (AMB);
  • comprovar tempo mínimo de atuação na especialidade pretendida.

É importante destacar que um programa de especialização e uma Pós-Graduação Lato Sensu em Medicina são coisas diferentes. Com a Pós, você pode utilizar a carga horária de conteúdo prático para se adequar ao terceiro critério que mencionamos acima: "comprovar tempo mínimo de atuação na especialidade pretendida".

O título é importante, pois certifica que o médico se dedica a uma área específica para a qual se preparou melhor e permite ao profissional exercer seu trabalho na especialidade em que foi aprovado. Além disso, é uma forma de reconhecer os conhecimentos adquiridos pelo profissional e comprovados mediante o sucesso na prova de títulos.

Além disso, é sempre bom destacar que, por mais experiência que se tenha em uma área, tanto o Código de Ética Médica quanto o CFM proíbem que se use o termo "especialista" sem que haja o registro de qualificação. Portanto, fazer a prova é algo não somente importante, como também obrigatório para diversos profissionais de medicina.

Como é aplicado e quais as etapas do exame?

Cada sociedade ou associação tem procedimentos e exigências próprias para a aplicação das provas. Assim, é importante procurar a entidade responsável em cada localidade e conhecer bem todas as etapas.

De qualquer forma, existem algumas atitudes essenciais para fazer uma boa preparação para a prova de título, independentemente da especialidade. Veja as nossas dicas a seguir.

Como é a preparação para a prova de título?

Não é fácil passar em qualquer exame, mas principalmente em provas tão específicas quanto as de títulos. As instituições adotam critérios rigorosos de seleção para comprovar os conhecimentos do médico na área.

Por isso, é preciso ter foco, disciplina e muita força de vontade. Ainda mais quando é necessário conciliar a preparação com uma rotina de trabalho intensa, cursos e outras atividades. Mas é possível adotar algumas medidas simples para ajudar a se preparar adequadamente.

Escolha a área de atuação

A primeira coisa a fazer, obviamente, é escolher a área de atuação. Isso não significa fazer uma escolha aleatória ou de acordo com apenas um fator, como dinheiro ou prestígio. Dessa forma, avalie:

  • sua afinidade com a especialização;
  • a quantidade de profissionais dessa especialidade em sua região;
  • a oferta de oportunidades na área;
  • a disponibilidade de exames na sua região.

Conheça a fundo o edital

Depois de escolher a especialidade e procurar a entidade responsável pela aplicação do exame, é hora de conhecer o processo em detalhes. Para isso, leia várias vezes o edital, faça anotações e pesquise todas as suas dúvidas. Se for preciso, entre em contato com a central de atendimento da instituição. O importante é que você tenha certeza de que pode fazer a prova e de que está apto a receber o título.

Defina uma rotina de estudos

Essa pode ser a parte mais complicada. Afinal, como conciliar o estudo com outras obrigações? A verdade é que não adianta prestar nenhuma prova sem ter estudado para ela. O exame de título não é fácil e é bastante específico.

Procure um tempo livre, pelo menos uma a duas horas por dia, para estudar. Se você perceber que não há nenhum tempo disponível em sua agenda, talvez seja necessário parar alguma atividade provisoriamente. De qualquer forma, é fundamental que se adote uma rotina de estudos. Eles precisam ser uma prioridade no seu dia a dia até a chegada da prova.

Invista em cursos preparatórios

Se você acha difícil estudar sozinho, invista em cursos preparatórios para o exame. Se não tiver nenhum presencial disponível na sua cidade, procure uma opção online. Além disso, os próprios cursos de pós-graduação ajudam bastante na preparação para a prova de título.

Converse com outros médicos

Antes de entrar de cabeça em uma área, converse com quem já está nela. Procure também outros médicos que já tenham feito a prova para saber como foram suas experiências. Aproveite para tirar todas as suas dúvidas sobre a especialidade e o mercado.

O que deve ser evitado antes de fazer a prova?

Com tudo o que você leu até aqui, podemos dizer que a primeira coisa a se evitar é não estar preparado o suficiente. Mas podemos listar outras:

  • estudar apenas em cima da hora;
  • não cuidar da saúde, sem se alimentar direito ou dormir;
  • não relaxar ou descansar nos dias anteriores;
  • deixar-se abater psicologicamente.

Enfim, a preparação para a prova de título deve começar assim que você decidir fazê-la! E esse pode ser um grande passo para obter mais conhecimento e garantir o seu futuro profissional.

Conseguiu entender como você pode se preparar para a titulação? Quer receber mais dicas como essas? Então assine nossa newsletter e não perca nenhuma de nossas publicações.

Autor(a)

Os médicos que leram esse post, também leram:

Todos os Posts