Saúde ocular: a importância da Oftalmologia nos dias de hoje

Uma pesquisa recente do IBGE apontou que mais de 35 milhões de brasileiros nunca foram a um oftalmologista. Isso acontece, em parte, por 23% dos brasileiros não terem acesso a esses especialistas. Contudo, várias outras pessoas deixam de ir ao médico por julgarem que o cuidado com os olhos não é relevante. 

É importante lembrar que visitar este especialista é tão necessário quanto encontrar um cardiologista ou clínico geral. Já que com as orientações certas, é possível maximizar a atenção dada à saúde ocular. Para que não restem mais dúvidas, veja por que é tão importante ir ao oftalmologista.

Em levantamento feito pelo Datafolha/Allergan, com 2,1 mil pessoas, é possível confirmar a frequência com que os brasileiros vão ao oftalmologista. 

 

Data reforça a relevante atuação do oftalmologista no mundo inteiro 

O Dia Mundial da Saúde Ocular, comemorado no dia 10 de julho, não deixa de ser um chamado para impulsionar a prevenção da cegueira. A Organização Mundial de Saúde (OMS) e a Agência Internacional para Prevenção da Cegueira (IAPB) buscam gerar consciência social sobre a importância da prevenção e tratamentos que podem ser aplicados para evitar a perda parcial ou absoluta da visão.

De acordo com a OMS, no mundo são mais de 285 milhões de pessoas com incapacidade visual, sendo que 39 milhões são cegas. Estima-se que 80% destes casos poderiam ter sido evitados ou curados se o acesso à saúde ocular fosse para todos.

A eliminação da cegueira evitável e/ou curável é uma questão social já que esta condição tem repercussões de grande envergadura que afetam todos os aspectos do desenvolvimento humano, social, econômico e de nível de vida. A prevenção e o tratamento precoce da perda da visão encontram-se entre as intervenções de saúde mais eficientes e que proporcionam melhores resultados.

Oftalmologia: especialidade médica indispensável quando se trata de saúde ocular

No mês em que celebramos o Dia da Saúde Ocular, enfatizamos a importância do especialista oftalmologista para a saúde da sua visão. É o único profissional realmente capacitado para todos os procedimentos relacionados à visão, desde exames de rotina e diagnóstico preciso até o tratamento de doenças e cirurgias. Entretanto, um terço da população brasileira com mais de 16 anos nunca foi ao oftalmologista (dados da pesquisa Ibope feita pela Sociedade Brasileira de Glaucoma).

Esta especialidade é essencial nos serviços de saúde e ocupa uma posição estratégica quanto ao mercado de trabalho, com campo de atuação amplo: clínicas, ambulatórios clínicos e privados. 

Sem dúvida, a oftalmologia é uma das áreas mais importantes dentro da Medicina. Isso porque o profissional oftalmologista é capacitado para examinar, diagnosticar e tratar diversas doenças da visão. 

Quando o assunto é saúde da visão, o principal cuidado que as pessoas devem ter é na escolha do profissional.  Por isso, antes de se consultar, é sempre bom checar alguns pontos  como qualificações, estrutura adequada, experiência na área e um excelente currículo. 

Para os médicos que estão pensando em ingressar na área oftalmológica, o conceito de qualidade não é diferente, pois é importante também que ele escolha uma formação diferenciada, que aprofunde na prática, os conceitos e as principais patologias da visão. A ideia é torná-lo um profissional completo, obtendo pleno conhecimento sobre o funcionamento da visão e as principais patologias oftalmológicas, além das formas mais atualizadas de diagnóstico, tratamento e prevenção. 

Conheça mais sobre a especialidade em Oftalmologia 

Por formação, o oftalmologista é o médico especialista na saúde ocular, capacitado para diagnosticar e tratar doenças da visão e anexos, realizar cirurgias, além de identificar erros de refração. O oftalmologista é um especialista da medicina com atuação em subespecialidades que tratam de doenças, plástica ocular, oftalmopediatria, cirurgia refrativa, catarata etc. 

A visão é um bem precioso e requer cuidados específicos. O check up ocular é uma providência importante para prevenir doenças e manter a saúde ocular. Mas a escolha do profissional adequado é determinante para uma avaliação segura. Com um exame oftalmológico, acompanhado por um especialista, é possível diagnosticar precocemente doenças que podem levar à cegueira, e para isso o trabalho do oftalmologista é o mais necessário.

A supervisão do oftalmologista é fundamental para orientar os usuários de lentes de contato, bem como o manuseio e cuidados com a limpeza. O exame de vista de rotina, embora pareça simples, também deve ser realizado por um médico oftalmologista. Isso porque uma consulta com especialista, além de determinar o grau dos óculos, pode avaliar a saúde ocular e mesmo detectar uma doença sistêmica como causa dos sintomas visuais.

As doenças sistêmicas que podem ser identificadas durante um exame de vista com o oftalmologista são inúmeras, tais como: catarata, hanseníase, tuberculose, lúpus, doenças reumáticas, glaucoma, diabetes, disfunções na tireoide, tumores, AIDS, toxoplasmose e hipertensão arterial. O olho é um órgão pequeno do corpo humano que pode ser acometido por mais de 3.800 doenças, que podem podem ser raras ou não. Se uma doença não for identificada a tempo, pode cegar e até matar.  

O oftalmologista é um médico com competências para cuidar deste órgão, por conhecê-lo com muita propriedade. A Organização Mundial de Saúde (OMS), relaciona doenças como miopia, hipermetropia, astigmatismo e a presbiopia ou “vista cansada” na sua Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde. E só podem ser diagnosticadas e tratadas por um oftalmologista. 

Sempre tenha em mente que assim como existem obstetras para gestantes, fonoaudiólogos para os ouvidos, odontologistas para cuidar dos dentes, existe o médico oftalmologista, um profissional preparado para avaliar a saúde ocular e que para conquistar este título também precisará passar por uma formação específica, já citada no começo deste artigo. 

Prepare-se para o aprendizado de conhecimentos sobre as estruturas anatômicas, histológicas, citológicas e fisiológicas dos olhos, compreendendo o pleno funcionamento da visão e as principais patologias oftalmológicas, além das formas mais atualizadas de diagnóstico, tratamento e prevenção. 

Apenas o oftalmologista conhece toda estrutura ocular, assim como suas predisposições e funcionamento. Então, não perca tempo, conheça o curso de pós-graduação em Oftalmologia da IPEMED e saia na frente entre as melhores instituições de ensino do país. 

Autor(a)

Os médicos que leram esse post, também leram:

Todos os Posts