Produção de conteúdo para médicos: como usá-la de forma estratégica

Com um número cada vez maior de profissionais da área médica surgindo anualmente, se destacar ficou ainda mais fundamental para os médicos que querem conquistar uma boa posição no mercado de trabalho.

Uma das principais ferramentas para se destacar é a produção de conteúdo para médicos, em que os profissionais podem usar técnicas do marketing digital para alcançar seu público-alvo de maneira mais eficiente.

Leia este post para descobrir os segredos da produção de conteúdos médicos e garanta seu destaque profissional dentro e fora do ambiente virtual agora mesmo. Boa leitura!

O que é produção de conteúdo para médicos?

Por se tratar de uma área que demanda anos de estudo e dedicação, muitos médicos podem achar que os conhecimentos da própria área são suficientes para ter sucesso na carreira.

Embora estes conhecimentos técnicos sejam fundamentais, noções gerais de marketing digital também são, principalmente para profissionais que optaram por empreender na Medicina e gerem a própria clínica, por exemplo. Você sabe o que é marketing digital?

De maneira resumida, marketing digital são as ferramentas e técnicas utilizadas para vender e aumentar o alcance de produtos ou marcas na internet. Para fazer isso, diversos recursos podem ser utilizados, como o e-mail marketing e o inbound marketing. É aí que entra a produção de conteúdo para médicos, uma destas ferramentas que podem ser úteis para atrair pacientes.

Assim, a produção de conteúdos médicos é uma ótima maneira de aumentar sua visibilidade e fazer com que seus clientes e pacientes respeitem e reconheçam sua competência. Siga a leitura e entenda por que estas ferramentas são tão importantes.

Por que a produção de conteúdos é tão importante?

Embora seja fundamental nos dias de hoje, muitos médicos acabam negligenciando a importância do marketing e da produção de conteúdos médicos.

Essa postura é um erro, porque é por meio de conteúdos e outras informações virtuais que inúmeros pacientes e clientes encontram novos profissionais da saúde. E é com base na qualidade das informações que muitos decidem em que profissional confiar.

Assim, muitos médicos possuem a agenda cheia e tem bons resultados por conta de conteúdos bem estruturados, publicados com regularidade e que respondem às principais dúvidas dos pacientes.

Por outro lado, embora muitos profissionais sejam competentes, por não marcarem presença virtual, acabam não tendo o mesmo sucesso profissional que outros colegas.

Como produzir conteúdo de forma estratégica

Agora que você já sabe da importância da produção de conteúdos médicos para demonstrar sua competência e fidelizar pacientes para sua clínica ou hospital, é hora de descobrir como essa produção pode ser feita.

Antes das dicas, é importante frisar que, para um conteúdo realmente eficiente, é preciso traçar uma estratégia clara. Isto deve envolver um objetivo, como conquistar mais clientes ou demonstrar autoridade, e também um público-alvo, como uma faixa etária ou gênero preferencial.

Para medir seus avanços na produção de conteúdo, também é importante eleger KPI's, ou seja, indicadores chave de performance que mostram se sua estratégia está dando certo, ou se há problemas em seu planejamento.

A seguir, confira as principais dicas para a produção de conteúdos médicos de qualidade e que vão fazer a diferença em seu sucesso profissional!

Produza conteúdos em diferentes formatos

Independentemente do seu objetivo na hora de montar uma estratégia, atingir a maior quantidade de pessoas é sempre bom para quem está produzindo conteúdos.

Para conseguir atingir este objetivo, é importante diversificar os formatos, explorando diferentes formas de conversar com seu público-alvo. Isso envolve diferentes meios de comunicação e também diferentes formas de passar uma mesma mensagem.

Criando um blog médico, por exemplo, você pode conquistar um público que se interessa por leituras e informações mais aprofundadas. Entretanto, adaptando este conteúdo para o formato de vídeo, você também pode conversar com pessoas que não gostam muito de ler ou que têm pouco tempo durante a rotina para isso.

Explique sobre dúvidas comuns dos clientes

Se o objetivo é atingir seu público-alvo, que, em geral, é composto por pessoas leigas em Medicina, é importante saber transmitir assuntos complexos de maneira simples e responder dúvidas importantes para seus seguidores e leitores.

Embora um dermatologista possa ter interesse em publicar um artigo extenso sobre as novas descobertas sobre um tipo específico de câncer de pele, um conteúdo como este seria ideal para conversar com outros médicos e profissionais da saúde. Talvez um post como "10 dicas para se proteger do sol e evitar o câncer de pele" seja mais adequado, além de responder dúvidas reais dos pacientes, que são quem se quer de fato alcançar com a estratégia.

Outros formatos, como vídeos curtos e com títulos chamativos, também são bons exemplos de conteúdos médicos que podem fazer sucesso nas redes e chamar atenção para o seu trabalho.

Diversifique as formas de divulgação

Assim como é fundamental diversificar os formatos e apostar em blogs, vídeos curtos, palestras e infográficos, também é importante divulgar sua clínica em meios digitais em diferentes plataformas para atingir seu público-alvo.

Assim, divulgando em redes sociais como o LinkedIn, é possível gerar mais autoridade e uma imagem de profissionalismo, enquanto outras redes como o Instagram podem ajudar a construir uma imagem de jovialidade e modernidade.

Além de redes sociais, outras formas de divulgação podem incluir o convite para que outros profissionais da Medicina façam parcerias de divulgação e o próprio boca a boca de seus pacientes.

O que não fazer na produção de conteúdos?

Como você viu ao longo do post, existem inúmeras dicas e estratégias que podem ser seguidas pelos profissionais que buscam se destacar com a produção de conteúdos médicos.

Entretanto, é importante frisar que nem todas as condutas são permitidas, e é fundamental ficar atento ao que é permitido e o que não é bem visto na divulgação de conteúdos. A seguir, confira o que não fazer na divulgação de conteúdos.

Ser antiético com os colegas de profissão

Considerando os seus objetivos e estratégias para um marketing médico bem feito, mostrar suas qualidades e se destacar em relação a outros profissionais é fundamental.

Entretanto, você deve se lembrar de obedecer o Código de Ética Médica, que, entre outras providências, baliza algumas atitudes que um profissional da Medicina não pode ter, como ser antiético ou difamar outros profissionais.

Assim, embora você possa frisar o quanto seu serviço apresenta qualidade e efetividade, não é bem visto dizer que outro profissional não tem as qualificações necessárias para exercer a Medicina assim como você.

Fazer propagandas e promessas enganosas

Além de se ater ao Código de Ética, também é importante manter a sinceridade na hora de produzir conteúdos médicos, já que promessas e propagandas enganosas podem danificar sua imagem e diminuir a satisfação dos pacientes.

Dessa forma, embora seja possível demonstrar resultados e deixar clara sua experiência no ramo, é imprescindível não expor pacientes e nem prometer curas em um intervalo de tempo ou outros artifícios antiéticos.

Quer aprender mais sobre como ter sucesso na carreira médica? Continue no blog da Afya Educação Médica, ex-IPEMED, e não perca nenhum conteúdo!

Neste post, você descobriu a importância da produção de conteúdo para médicos e também conferiu as principais dicas para produzir bons conteúdos e atingir novos públicos.

Além disso, você também viu algumas atitudes que os profissionais devem evitar para não infringirem o Código de Ética ou terem sua imagem arranhada e prejudicar sua clínica ou hospital.

Se você se interessa por conteúdos sobre saúde, gestão hospitalar e Medicina, assine a newsletter da IPEMED e se torne um profissional cada vez mais qualificado no mercado.

Autor(a)

Os médicos que leram esse post, também leram:

Todos os Posts