5 dicas essenciais iniciar o planejamento da sua carreira na área médica

O seu sucesso na medicina começa com uma avaliação pessoal, pesquisa e um detalhado planejamento profissional, confira as dicas. O momento da formatura de um médico parece o fim de uma longa jornada, mas é apenas a primeira etapa de um projeto profissional que pode durar uma vida toda.

Jornada que exige esforço, experiências relevantes, contatos e, principalmente, planejamento. Para chegar lá, seus próximos passos precisam ser pensados com calma e racionalidade. Há muitas opções de carreira para um médico: especialista, generalista, empresário, professor, cientista.

Seja qual for o caminho que você escolher trilhar na carreira médica, o planejamento dos seus passos pode ser a diferença entre um futuro profissional sólido e ou uma trajetória atribulada. Reunimos aqui alguns pontos importantes a se considerar no momento do seu planejamento de carreira na Medicina.

Pense sobre seus gostos pessoais

Durante sua formação é comum que existam temas e tópicos da medicina que você se interesse mais do que outros, aqueles que fazem seus olhos brilharem. Mesmo os profissionais atuantes sabem o que gostam, o que têm mais facilidade ou mais dificuldade em aprender e praticar no cotidiano do trabalho. Reflita sobre o que te dá mais prazer nos estudos e no trabalho, o que desperta mais a sua curiosidade e o que você já sabe que não gosta. As dicas:

  • Faça uma lista de todos os tópicos que você tem facilidade em aprender.
  • Anote em uma tabela pessoal aqueles temas que você se interessa genuinamente, que lhe dão prazer em estudar a respeito.
  • Anote também as opções dentro da medicina que você definitivamente não seguiria, assim, fica fácil tirá-las do seu radar logo na saída.
  • Se você tiver dificuldade de fazer essa reflexão, expanda seu raciocínio para assuntos pessoais, notícias, hobbies que estão mais relacionados com as possibilidades de carreira dentro da área médica.
  • Você gosta muito de ler, por exemplo? Então a área acadêmica pode ser uma boa escolha. Gosta de esporte? Por que não pensar em uma carreira da Medicina do Esporte? Lida bem com crianças, que tal a Pediatria?
  • Se você já atua profissionalmente, observe as atividades dos colegas de trabalho que mais lhe despertam interesse e curiosidade.

Reflita sobre suas habilidades

Profissionais que já atuam como médicos sabem os procedimentos e especialidades em que são melhores. Analise com calma a sua rotina, os elogios que recebe pelo trabalho ou estudos. Na vida pessoal, suas habilidades pessoais específicas também podem auxiliar a entender seus melhores skills. As dicas:

  • Tome nota dos procedimentos que você mais gosta de realizar.
  • Pense sobre sua rotina e lembre o que você faz que mais lhe rende elogios. profissionais. O mesmo vale para os recém-formados: quais foram as disciplinas que você teve as melhores notas?
  • Outra pergunta a se fazer é: que tipo de habilidades você ainda quer desenvolver na medicina?
  • Reflita sobre suas habilidades pessoais como ensinar, ouvir, analisar situações. Algumas dessas características são essenciais para determinadas áreas da Medicina.
  • Você é uma daquelas pessoas com talentos naturais para determinada atividade? Como esse talento pode ser aplicado ao seu trabalho?

Estude o mercado e explore suas possibilidades

Estudar o mercado de trabalho é uma etapa fundamental para o start do planejamento da sua carreira. Nesse processo você identifica como está a disponibilidade de vagas para profissionais de variadas vertentes dentro da Medicina - e pode focar naquelas áreas que demandam mais médicos e pagam melhor.

Mesmo que você opte por uma carreira que já tenha muitos profissionais, é bom entender a realidade desde o início para poder se preparar para um mercado disputado e conseguir se diferenciar da concorrência. As dicas:

  • Pesquise quais são as especialidades com maior número de profissionais no país.
  • Busque as tendências do mercado de trabalho da Medicina.
  • Recorra ao depoimento de profissionais mais experientes, entrevistas com médicos referência em suas áreas.
  • Faça uma pesquisa sobre vagas de trabalho disponíveis na sua região para ter uma panorama sobre as oportunidades disponíveis.

Crie um plano de ação para os próximos

Escreva no papel o que você espera da sua carreira para os próximos 5 anos, 10 e 20 anos. Discorra sobre os tipos de experiências que pretende acumular, quanto quer estar ganhando em cada período da vida, se quer viver e trabalhar em uma cidade ou estado diferente.

Liste suas aspirações e construa uma estratégia para bancar financeiramente suas empreitadas profissionais. As metas mais longas são um horizonte importante, as metas de curto e médio prazo vão te motivar a tomar atitudes aqui e agora. As dicas:

  • Escreva no papel suas metas para os próximos 5, 10 e 20 anos.
  • Anote também os tipos de experiências profissionais que quer acumular ao longo da vida.
  • Reflita, por exemplo, se você está disposto a mudar de cidade ou estado para atingir seus objetivos.
  • Faça as contas e entenda os recursos financeiros que vai precisar para atingir cada meta.

Siga seu planejamento e busque se desenvolver constantemente

Um bom planejamento só funciona se você segui-lo e reavaliá-lo continuamente. Sempre volte à prancheta quando sentir que é necessário. Não tenha medo de mudar, de corrigir o trajeto. Além disso, independentemente do ponto da carreira que você esteja, nunca deixe de estudar e se desenvolver.

Busque uma especialização, uma pós-graduação, cursos específicos da sua área médica - mesmo se você já é um especialista. Na Medicina, o estudo contínuo nunca é em vão, abre novas oportunidades profissionais e gera novas descobertas que vão melhorar a vida da sociedade como um todo. As dicas:

  • Siga seu planejamento.
  • De tempos em tempos, reavalie o seu planejamento e, se preciso, faça ajustes.
  • Não tenha medo de ajustar e mudar o rumo do seu planejamento.
  • Busque estudar e se desenvolver continuamente.

Você tem o hábito de planejar antes de tomar decisões sobre sua carreira?

Autor(a)

Os médicos que leram esse post, também leram:

Todos os Posts