Gestão de equipe médica: como manter o time engajado

Ter uma clínica que seja referência no mercado de serviços de saúde é o sonho de qualquer médico. Mas para que isso seja possível, não basta apenas ter uma estrutura de ponta, é preciso fazer uma gestão de equipe médica eficaz que vise manter toda a equipe engajada — tanto os médicos quanto os demais funcionários da clínica.

Porém, a manutenção do engajamento da equipe pode ser uma tarefa desafiadora. Para facilitar a gestão do seu negócio em saúde, ela precisa se direcionar totalmente a esse objetivo.

Nas linhas a seguir, você confere como fazer um gerenciamento de médicos eficiente, incluindo a gestão de equipe hospitalar e de clínicas médicas. Boa leitura!

Qual a importância de prestar um bom atendimento aos pacientes?

O bom relacionamento com os pacientes é o maior segredo para um hospital, uma clínica ou um consultório médico prosperar, já que a fidelização torna-se muito mais possível e a "indicação" do local para parentes e amigos é algo muito comum.

Para isso, é preciso humanizar o atendimento, otimizar as tarefas diárias e, principalmente, privilegiar os cuidados com os pacientes, ou seja, melhorar a qualidade do atendimento médico.

Além disso, é fundamental que toda a equipe entenda a cultura e os propósitos da clínica, para que o atendimento seja protocolar e eficiente.

Qual a importância de uma equipe treinada, engajada e comprometida?

Fazer a gestão de equipe médica é fundamental, pois é por meio dela que você consegue estruturar seu corpo clínico para garantir o engajamento dos médicos.

Com isso, estes profissionais — incluindo os médicos generalistas que atuam em hospitais — alcançam ótimos resultados, refletindo no atendimento ao paciente.

Além de uma gestão médica eficiente, é possível fidelizar quem já é paciente e conquistar novos, criando estratégias para aprimorar o desempenho de todo o corpo clínico. Confira-as a seguir!

Quais as estratégias de gestão de equipe médica para médicos mais engajados?

Você já viu a importância de uma gestão de equipe hospitalar eficiente. Agora, você confere as melhores estratégias para motivar os médicos generalistas e especialistas.

Investir em treinamentos

Muito do bom desenvolvimento profissional da sua equipe é alcançado por meio de treinamentos. Eles são capazes de garantir o engajamento, bem como o aprimoramento e o crescimento dos colaboradores como profissionais.

Vale mencionar que a área da saúde muda constantemente, por isso, quanto maior for o preparo da sua equipe, mais eficaz, seguro e ágil será o atendimento ao paciente. Mas atenção: não basta treinamentos de caráter técnico, é preciso ir além do que os médicos geralmente estudam na faculdade, buscando desenvolver as soft skills da equipe médica.

Por fim, ao capacitar a equipe, o local de trabalho é positivamente transformado, favorecendo o bem-estar profissional e a convivência mútua.

Oferecer uma remuneração justa

Uma remuneração coerente com a oferecida pelo mercado, além de alguns benefícios, melhora o engajamento da sua equipe. Além de se sentirem mais motivados para o trabalho, essa atitude demonstra que você valoriza os profissionais que atuam na sua clínica ou hospital.

Nesse sentido, na gestão de equipe médica aposte na criação de planos de carreiras e campanhas que incentivem o desenvolvimento profissional do corpo clínico.

Cuidar do bem-estar da equipe médica

Um estudo feito pelo Pebmed, apontou que 78% de profissionais da área da saúde já apresentaram sintomas da síndrome de Burnout (estafa profissional) durante a pandemia pelo coronavírus.

Já uma pesquisa do instituto Gallup mostrou que 41% dos profissionais de saúde pouco engajados apresentavam sintomas desse transtorno mental. Já os profissionais que se sentem engajados apresentaram 1,9 vezes menos chances de apresentarem esgotamento físico e mental.

Portanto, é crucial cuidar do bem-estar dos médicos, que pode ser feito oferecendo acompanhamento psicológico e descontos para a práticas de atividades físicas, bem como mantendo um ambiente agradável.

Favorecer a comunicação interna

Comunicar-se internamente de forma eficaz é importante para manter a equipe motivada e, dessa forma, muito mais produtiva. Para isso, seja transparente ao trocar informações, ao fazer gestão dos processos e ao se comunicar com todos os profissionais.

O resultado é a facilidade para tirar dúvidas e ao realizar os procedimentos do dia a dia, como no agendamento de consultas e no armazenamento de documentos.

Saber escutar o corpo clínico

Se os colaboradores sentem que suas ideias não são ouvidas pela instituição médica (clínica ou hospitalar), é muito comum o desengajamento e a insatisfação com o trabalho. E se isso acontece com profissionais de saúde, os pacientes podem ser os mais prejudicados.

A boa notícia é que é perfeitamente possível evitar esse erro, realizando estudos de comprometimentos regulares e desenvolvendo um plano de ação para conseguir o feedback dos colaboradores.

Enfim, uma pesquisa interna é capaz de fornecer aos gestores de saúde dados precisos a respeito de como os médicos que atuam na clínica ou hospital se sentem em relação à instituição. Além disso, é possível descobrir quais são os obstáculos enfrentados por eles.

Dessa forma, reservando mais tempo para a identificação de pontos com problemas e medindo a satisfação dos profissionais de saúde, a equipe gestora tem condições de agir diretamente na raiz dos problemas e de construir um ambiente de confiança.

Automatizar processos

Um software de gestão médica é capaz de transformar a rotina da clínica ou hospital. Com a automatização dos processos é possível tornar as atividades diárias repetitivas feitas de forma muito mais rápida.

São exemplos do que pode ser automatizado, o agendamento de consultas, o envio de mensagens aos pacientes, o armazenamento de arquivos e toda a gestão pode ser feita de maneira prática e rápida.

Enfim, a tecnologia veio para melhorar o engajamento da equipe médica e demais profissionais, otimizando a produtividade e fidelizando mais pacientes.

Gostou do conteúdo?

Após ler este texto, fica mais fácil compreender que com uma boa comunicação, oferecimento de cursos internos e demais condutas apresentadas, fica muito mais fácil fazer uma gestão de equipe médica que converte em ótimo atendimento médico — já que estes profissionais trabalham mais felizes e muito mais engajados ao que fazem de melhor: "cuidar de gente".

Agora, continue por dentro de assuntos relacionados à gestão na área da Medicina: assine nossa newsletter para receber novos artigos diretamente em seu e-mail.

Autor(a)

Os médicos que leram esse post, também leram:

Todos os Posts