Ecodopplercardiografia: principais razões para investir nessa pós-graduação

O efeito Doppler é um fenômeno que ocorre quando há aproximação ou afastamento entre uma fonte de ondas e o observador. Isso ocorre porque a velocidade das ondas é influenciada pelo meio no qual elas se propagam.

Nesse efeito, a velocidade de propagação da onda não é alterada. No entanto, há uma variação no comprimento de onda e na frequência da onda captada pelo observador.

Dessa forma, a percepção de frequência observada é relativa, sendo diferente da frequência de emissão da onda. Costuma ser utilizado para medir a velocidade de objetos por meio de ondas que são emitidas por aparelhos baseados em radiofrequência ou lasers.

Curiosidade sobre o efeito Doppler

"O efeito Doppler foi completamente descrito pelo físico austríaco Johann Christian Doppler, em 1842. A comprovação experimental desse efeito foi feita três anos mais tarde por Buys Ballot. Para isso, Ballot realizou um curioso experimento no qual uma banda emitia diversas notas musicais em cima de uma locomotiva em movimento. Enquanto isso, um conjunto de observadores registravam as notas ouvidas de acordo com as diferentes velocidades de aproximação e de afastamento do trem."

Por meio dos resultados obtidos das diferentes velocidades, perceberam que o efeito Doppler para ondas sonoras dependia da velocidade com a qual a fonte se deslocava em relação ao meio, nesse caso o ar, e também dependia da velocidade com a qual o observador se deslocava.

Para o caso da luz, a situação é diferente, uma vez que a luz sendo radiação eletromagnética não necessita de um meio material para se propagar. Para ondas eletromagnéticas, a frequência da onda medida depende apenas da velocidade relativa entre a fonte e o detector (observador).

Qual a aplicação do doppler na medicina diagnóstica?

O efeito Doppler é utilizado na medicina em diversos exames de imagem, como no ecocardiograma. Nesse exame, estudam-se as propriedades anatômicas do coração em busca de anomalias em seu funcionamento.

Para isso, utiliza-se uma fonte emissora de ultrassons (sons com frequência superior a 20.000 Hz). Esses sons são absorvidos, refratados e refletidos pelos diferentes tecidos e pelo fluxo de sangue, os quais se comportam como uma fonte secundária de ondas refletidas em movimento. Assim, é possível mapear o bombeamento de sangue, observar o refluxo sanguíneo, etc."

O efeito não é característico apenas das ondas sonoras, mas pode ocorrer também com ondas eletromagnéticas, como as ondas de rádio, as micro-ondas e a luz visível.

O que é a ecodopplercardiografia e como funciona?

Uma ecocardiografia, ou “eco”, é um tipo de exame de ultrassom utilizado para avaliar o coração e os vasos sanguíneos próximos. É um teste geralmente solicitado por um cardiologista, mas também pode ser pedido por qualquer outro médico que suspeite de problemas em seu coração.

A ecocardiografia auxilia no diagnóstico e monitoramento de certas condições cardíacas, verificando a estrutura do coração e seus vasos sanguíneos, analisando como o sangue flui através deles e avaliando as câmaras de bombeamento do músculo cardíaco.

O exame pode ajudar a detectar inúmeros problemas no coração, tais como:

  • cardiopatia congênita,
  • problemas com as válvulas cardíacas,
  • cardiomiopatia,
  • danos de um ataque cardíaco,
  • insuficiência cardíaca,
  • endocardite.

Esse teste também pode ajudar os médicos a decidirem sobre o melhor tratamento para as  condições apresentadas, já que as ondas sonoras mudam de tom quando refletem as células sanguíneas que se movem através do coração e das veias. Essas alterações (sinais Doppler) auxiliam o médico a medir a velocidade e a direção do fluxo sanguíneo no músculo cardíaco.

Além disso, na ecocardiografia com doppler colorido, a passagem do sangue através do coração, fica colorida no monitor, ajudando a identificar qualquer problema em seu fluxo.

O Doppler é usado na ecocardiografia para verificar problemas de fluxo sanguíneo e pressão nas artérias do coração que as técnicas de ultrassom tradicionais podem não detectar.

Como é realizado o ecodopplercardiografia?

A ecocardiografia com doppler mais simples é a transtorácica, na qual a sonda de ultrassom (transdutor) é movida pelo peito do paciente, com a ajuda de um gel condutor, pela região onde está localizado o músculo cardíaco. Esse método também pode ser utilizado para um teste conhecido como ecocardiografia de estresse.

A diferença é que, nesse tipo de exame, o paciente é submetido a exercícios físicos ou medicamentos para estimular o coração e as imagens são feitas antes e depois dessas atividades, para avaliar a reação a esses estímulos.

Pós-graduação em ecodopplercardiografia, a formação completa dentro do segmento 

A pós-graduação lato sensu em ecodopplercardiografia propicia os conhecimentos teóricos e práticos para uma formação completa na área. O curso prepara o profissional para a realização segura do procedimento, no caso, vasos sanguíneos e coração.

Lembrando que o curso é destinado exclusivamente para médicos com formação em Cardiologia (pós-graduação ou residência médica) e que precisam aprimorar os conhecimentos no diagnóstico cardíaco por imagem.

Profissionais recém-formados e também os mais experientes geralmente procuram essa modalidade de pós-graduação como alternativa à residência médica tradicional. O curso, além de preparar médicos para a prova de título de especialista, é uma excelente opção para o seu aperfeiçoamento profissional.

A Afya Educação Médica, ex-IPEMED, oferece oportunidades em 18 cursos de pós-graduação espalhados por 7 capitais brasileiras. Leia, a seguir, os principais benefícios em escolher a pós-graduação lato sensu.

Saiba mais sobre pós-graduação na área médica 

A pós-graduação é um excelente caminho para adquirir habilidades específicas e se atualizar com as técnicas mais recentes de uma determinada área da medicina. Na IPEMED, além das disciplinas vinculadas à matriz do seu curso, temos os chamados módulos eletivos: você pode adquirir módulos individuais especialmente selecionados pelo nosso corpo docente de acordo com o seu interesse.

O interessante desses cursos é que os alunos aprendem na prática. Há excelente carga horária de ensino prático que proporciona um aprendizado imersivo e muito relevante para a formação médica. Os alunos ainda contam com uma infraestrutura moderna, ambulatórios próprios nas unidades, equipados com tecnologia de ponta. A Afya Educação Médica, ex-IPEMED, trabalha ainda com a perspectiva de análise interespecialidades dos pacientes: análise holística, análise rápida e qualificada, por meio de prontuários eletrônicos.

O corpo docente da Afya Educação Médica, ex-IPEMED, é composto por mestres e doutores com muitos anos de prática médica, qualificados para oferecer uma experiência de aprendizado moderna e em consonância com o que existe de mais atual nas suas áreas de especialidades.

Inclusive, recentemente, adotaram um currículo novo, revisado e atualizado com os conceitos e práticas mais atuais. Os módulos são 100% vinculados à matriz de competência da Comissão Nacional de Residência Médica.

‍Outro diferencial que não pode ser esquecido é que nos cursos de pós-graduação lato sensu, os alunos estudam casos clínicos de pacientes reais, selecionados com muito critério para ilustrar de forma muito didática, os conteúdos apresentados em sala de aula pelos nossos professores.

Rotina médica, mercado aquecido e networking 

Aqui você consegue conciliar a sua rotina médica com o curso que for optar por fazer. Sabemos que muitos médicos têm uma rotina profissional bastante atarefada, com atendimentos em mais de um hospital ou clínica, por isso nossa preocupação em oferecer uma modalidade que não atrapalhe a sua rotina.

Afinal, o Afya Educação Médica, ex-IPEMED, oferece cursos com aulas apenas uma vez por mês, durante os finais de semana, às sextas e sábados. São cursos com formatos flexíveis e modulares, em que você desenha o seu planejamento de estudos da forma que quiser. Você mantém seu trabalho, sua renda e ainda obtém novos conhecimentos em uma nova área médica.

Além de todas as vantagens apresentadas, o curso de pós-graduação da Afya Educação Médica, ex-IPEMED, pode servir como ótimos momentos para fazer networking com novos contatos pessoais e profissionais. A especialização pode abrir portas para novas propostas de trabalho, expandir horizontes por meio de trocas de ideias e, até mesmo, gerar novas parcerias de negócio.

Abrir o próprio consultório, criar novas frentes de atendimento, aumentar sua oferta de serviços de saúde no mercado de trabalho, seja qual for o caminho que você escolher, esta é a oportunidade ideal para enriquecer seu currículo e explorar diferentes oportunidades em um mercado de trabalho que está sempre aquecido.

Você já é especialista? Então agora é a sua chance de buscar uma especialização complementar  

Você sabia que ter uma segunda especialização pode te proporcionar novos caminhos dentro da medicina e ainda assim continuar em sua área de formação? Isso quer dizer que é possível oferecer um atendimento que combine diferentes segmentos da medicina, agregando mais qualidade à consulta dos seus pacientes.

Se você é um cardiologista, por exemplo, e lida com muitos casos de pacientes que passam pelo Acidente Vascular Cerebral (AVC), poderia fortalecer o atendimento com uma nova especialidade em Neurologia.

Pós-graduação Afya: novos cursos e estrutura de ensino

A Afya Educação Médica, ex-IPEMED, é uma instituição de ensino na área médica comprometida com as últimas tecnologias, teorias e práticas profissionais conhecidas. Estamos presente em 7 capitais brasileiras: Belo Horizonte, Brasília, Palmas, Rio de Janeiro, Salvador, São Paulo e Teresina. Conheça nossos cursos e nossa estrutura.

Autor(a)

Os médicos que leram esse post, também leram:

Todos os Posts