Dermatologia: quais são os principais tipos de doenças eczematosas, chamadas de dermatites?

Autor(a)

As doenças eczematosas (popularmente chamadas de dermatites) são tipos diferentes de dermatoses que podem causar diversos tipos de lesões nas camadas superficiais da pele do paciente. Em casos agudos as lesões começam com marcas avermelhadas com pequenas bolhas de água na superfície da pele que, rompidas, eliminam um líquido de cor clara.

Já os casos crônicos são caracterizados pela formação de crostas no tecido cutâneo após a primeira fase da doença, com aumento da espessura da pele. Em geral, provocam algum tipo de inflamação ou irritação. É importante lembrar que eczemas não são contagiosos.

eczema
As doenças eczematosas (dermatites) são bastante comuns. Algumas delas atingem até 20% das crianças pequenas e até 3% dos adultos, especialmente as populações de áreas urbanas.

Tipos de eczemas

As doenças eczematosas se manifestam de muitas formas, sendo divididas entre 7 principais tipos. São eles:

  • Eczema atópico (dermatite atópica): aparece em áreas específicas do corpo do paciente, como face, dobras dos braços e pernas. é uma doença multifatorial, pode ter origem genética, imunológica/alérgica, ambiental-social e emocional.
  • Eczema de contato (dermatite de contato): o tipo mais de comum de eczema, responsável por 80% dos casos. Surge após o contato de algum material ou produto na pele do indivíduo. As causas são divididas entre por irritante primário e por alergia. Algumas substâncias químicas e biológicas causam o eczema por sua capacidade de provocar danos nas células da pele, como uma reação alérgica do organismo. É mais frequente nas mãos, face, pescoço e pés.
  • Eczema seborreico: trata-se de uma doença inflamatória crônica que atinge regiões ricas em glândulas sebáceas, como a face e o couro cabeludo. Sua forma leve é popularmente conhecida como “caspa”.
  • Eczema por droga ingerida (farmacodermia eczematosa): ocorre quando o paciente ingere alguma substância ou medicamento que provoca uma reação exagerada do organismo, que se manifesta como eczema na pele. Antibióticos, anti-inflamatórios, analgésicos e outras drogas podem desencadear esse tipo da doença.
  • Eczema numular: há ocorrência de placas de eczema, simétricas, distribuídas em várias partes do corpo. Sua causa é desconhecida. Muitos especialistas consideram o eczema numular como uma parte do quadro de dermatite atópica.
  • Eczema de estase: localizado geralmente nas pernas, simétrico e associado a varizes de membros inferiores.
  • Eczema disidrósico (disidrose): pequenas bolhas que surgem nas mãos e nos pés. Pode ter várias causas como o eczema atópico, a dermatite de contato e a farmacodermia eczematosa. Além disso, a presença de micose nos pés pode levar à formação de bolhas nas mãos, como uma reação alérgica ao fungo presente na região plantar.

Principais sintomas

Os sintomas podem variar entre os tipos de eczemas, mas, no geral, apresentam:

  • Coceira
  • Vermelhidão
  • Pele seca
  • Pequenas bolhas na camada superficial da pele que, rompidas, soltam um líquido claro
  • Aumento da espessura da pele após o estouro das bolhas
  • Descamação da pele

Causas das doenças eczematosas

O diagnóstico de qualquer doença eczematosa é obtido por meio de investigação da história do paciente, uma vez que fatores genéticos e ambientais podem determinar a origem do problema. O médico deve pedir exames clínicos específicos para determinar a etiologia do quadro e, consequentemente, algum tratamento adequado.

A comunidade médica aceita que o eczema pode ocorrer por uma combinação de fatores. Um bom exemplo é a o eczema de contato, que ocorre quando um agente alérgeno atua sobre o sistema imunológico do paciente com alguma característica genética específica e as células de defesa do organismo começam a se comportar de forma descontrolada, causando inflamação e irritação na pele.

Tratamento

O tratamento muda conforme o tipo de eczema identificado. Além do tratamento específico, o médico deve orientar o paciente sobre cuidados diários para evitar o aparecimento de novos quadros de eczema, como, por exemplo:

  • Evitar o uso de alguns tipos de peças de roupa, com tecidos de lã ou de fibra artificial
  • Aplicação de hidratante ou pomada específica para pele que sofre com alergias, a fim de evitar a pele seca
  • Tomar banhos curtos e com água morna.
  • Os produtos não devem ter perfume ou lauril éter sulfato de sódio.

Os médicos que leram esse post, também leram:

Todos os Posts