Crossfit para médicos: 6 benefícios para conhecer

Autor(a)

O crossfit é uma modalidade esportiva que teve seu início na Califórnia há algumas décadas, em meados dos anos 90. Nessa época, o ex-ginasta Greg Glassman começou a combinar diferentes tipos de exercícios físicos, mesclando atividades de alto impacto e intensidade com outras de força e resistência.

As principais características dessa prática se baseiam na execução dos treinamentos realizados em grupo e que fogem de uma rotina constante. Todos os dias novos desafios são cumpridos, e, de acordo com a cultura do crossfit, o trabalho em equipe é fundamental para o sucesso individual.

E então, já conseguiu relacionar algumas semelhanças com a prática médica? Neste artigo você vai conferir 6 dicas de como o crossfit para médicos pode gerar diversos benefícios tanto para a carreira quando para a vida pessoal. Boa leitura!

1. Resistência muscular

No início da faculdade de medicina começamos a ter um contato mais aprofundado com a surpreendente capacidade que o corpo humano tem de ser adaptar aos exercícios físicos. E podemos observar isso na prática com o crossfit.

Diante de uma variedade de atividades realizadas constantemente, como a barra fixa e flexão com parada de mão, o corpo começa a ganhar resistência física e força muscular. A maioria das pausas entre as séries são reduzidas ou, em alguns casos, até mesmo inexistentes, e isso aumenta a exigência em relação ao exercício realizado.

Além de manter a massa muscular, o que é excelente para o organismo visto que ela aumenta a taxa metabólica de repouso, o crossfit ainda é capaz de contribuir para a disposição e execução de tarefas do dia a dia. Muitas vezes a rotina médica é intensa, exigindo horas contínuas em pé, e uma boa resistência muscular é essencial.

2. Flexibilidade

Já vimos que o crossfit combina diferentes formas de estimulação ao organismo e, dentro dessa realidade, a melhora da flexibilidade é uma das mais importantes delas. Com a prática, as articulações são trabalhadas e vão ganhando maior amplitude e alcance nos movimentos aplicados.

Muitas atividades da modalidade são originadas de esportes como ginástica e levantamento de peso olímpico, os quais submetem as fibras musculares a tensões que podem ser contínuas ou variáveis. E isso contribui para ganhos significativos de flexibilidade.

Nesse contexto, os médicos que praticam crossfit sentem sua capacidade articular e elasticidade aumentar, o que melhora a postura durante o trabalho. Passar longos períodos sentado no consultório pode implicar em sintomas como dores nas costas e tensão nos ombros, mas eles podem ser aliviados com a prática.

3. Alto gasto calórico

Todas as capacidades físicas exploradas no crossfit têm o potencial de aumentar o gasto calórico. Sejam elas de força, velocidade, potência, resistência ou flexibilidade: o metabolismo aumenta sua capacidade oxidativa e consequente utilização de energia à medida que essas habilidades são desenvolvidas.

Esse benefício é importante principalmente se o médico estiver apostando em uma dieta balanceada e descanso adequado. Além disso, os processos anabólicos dependem muito da quantidade e qualidade do sono, e saber organizar os horários de folga entre plantões para relaxar e descansar é imprescindível.

4. Equilíbrio físico e mental

O equilíbrio é, sem dúvida, uma das habilidades mais trabalhadas na prática do crossfit. A começar pelo equilíbrio físico, os exercícios são elaborados de maneira a exigir que o corpo saiba aplicar forças relacionadas a estabilidade de todos os membros.

Essa característica é ótima para médicos cirurgiões, por exemplo. Além de esses profissionais terem que apresentar boa resistência muscular, postura e flexibilidade durante as cirurgias, o equilíbrio físico também ajudar a manter a destreza de movimentos.

Outro benefício do crossfit para médicos se reflete na saúde mental. Assim como em toda prática de atividade física, hormônios dopaminérgicos e serotoninérgicos são liberados, causando a sensação de bem-estar, o que diminui o estresse e ansiedade.

5. Superação de desafios

Além dos benefícios observados no metabolismo e habilidades corporais, o crossfit para médicos também pode otimizar o modo como esses profissionais lidam com os desafios do dia a dia.

O crossfit, desde sua criação, tem uma cultura muito forte. E em meio à metodologia dos treinamentos, encontra-se uma filosofia que busca criar situações inusitadas em todos os treinos.

O termo “WOD” é muito comum nos ambientes em que a modalidade é praticada e vem de "workout of the day" que, em português, significa "treino do dia". Com o objetivo de diminuir a estagnação de exercícios monótonos, os praticantes chegam ao box de crossfit sem saber o que vão praticar, tendo que se adaptar na hora.

Nesse ponto é interessante observar a considerável similaridade com a medicina, uma vez que é sempre necessário lidar com situações e pacientes novos, sendo fundamental a preparação. Ademais, o trabalho em grupo é muito valorizado nas aulas de crossfit, e isso pode se refletir na interação dos médicos com a equipe multidisciplinar de saúde.

6. Capacidade de ser reproduzido em qualquer lugar

Profissionais da medicina, principalmente recém-formados, dificilmente têm horários muito consistentes entre os plantões, participação em congressos ou a realização de cursos para aperfeiçoar os próprios conhecimentos.

Para tanto, atividades físicas que conseguem ser reproduzidas em qualquer hora e lugar são muito interessantes. É fato que dentro do box de crossfit a atmosfera é mais intensa e os equipamentos auxiliam na execução das técnicas, mas é possível praticar exercícios adaptados com recursos mínimos em praças ou mesmo em casa.

O mais importante é sempre procurar orientações com educadores físicos e alinhar seus objetivos de acordo com a realidade da rotina e horários de trabalho. Mesmo que as escalas sejam apertadas, o ideal é inserir os treinos pelo menos três vezes na semana.

Como podemos observar, o crossfit para médicos apresenta benefícios relevantes e a popularidade dessa prática não acontece por acaso. Assim, um bom condicionamento físico garante mais disposição e preparação diante de uma rotina tão atribulada quanto a desses profissionais.

Ademais, o método proporciona a possibilidade de superar limites diariamente e otimizar a competência individual a partir de tarefas desafiadoras. Desse modo, os praticantes são estimulados a aprimorar-se cada vez mais.

Gostou desse conteúdo? Então compartilhe os benefícios do crossfit com seus colegas nas suas redes sociais! Quem sabe vocês não formam um grupo de treinamento e conseguem inserir a prática em suas rotinas?

Os médicos que leram esse post, também leram:

Todos os Posts