Crescimento de clínicas médicas populares: uma oportunidade para os médicos

Você sabia que as clínicas médicas populares se destacam em um cenário com um Sistema Único de Saúde muito aquém do mínimo aceitável e de planos de saúde com custos elevados e sem, muitas vezes, oferecer o que os usuários esperam?

Nesse sentido, vemos o crescimento das clínicas médicas populares voltadas, sobretudo, para as classes C, D e uma parcela da E. Se você se interessa por esse assunto, como um médico que deseja aderir à essa modalidade, precisa ler este artigo agora mesmo!

O que são clínicas médicas populares?

Surgidas na década de 1990, as clínicas médicas populares foram criadas para prestar atendimento médico de qualidade e eficiência para a população não abrangida pelos convênios médicos e pelo sistema público, como mencionado na introdução.

Trata-se de uma solução inovadora e inteligente que mudou o mercado para melhor. A partir desse tipo de atendimento médico, a população alcança atendimento de qualidade em saúde sem precisar desembolsar valores abusivos.

O sociólogo Ricardo Lima Jurca falou à AUN (Agência Universitária de Notícias) - USP:

"(...) Além de uma clínica com preços populares, vivemos uma revolução na saúde, um processo construído pela sociedade, que vai além do âmbito econômico e político."

Quais as diferenças para as clínicas e hospitais convencionais?

As clínicas médicas podem concentrar profissionais de várias especialidades. Elas podem contar com consultórios de atendimento, salas para a realização de exames — como o eletrocardiograma, por exemplo, além de salas de cirurgia para procedimentos de baixa complexidade e com anestesia local.

Para funcionar, uma clínica médica (popular ou não) precisa de um CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica).

Já os hospitais contam com centros cirúrgicos e UTIs, quartos para internação e toda a estrutura hospitalar, incluindo para alimentação dos pacientes e equipe multidisciplinar com muitos profissionais de saúde, além dos médicos — como equipe de enfermagem, fisioterapeutas, farmacêuticos, nutricionistas —, entre outros, além de terem o tamanho muito mais robusto.

A diferença entre as clínicas médicas populares para as clínicas e hospitais convencionais, então, reside no valor cobrado pelo atendimento de saúde: que são mais baixos e acessíveis.

Como se deu o crescimento dessas clínicas no país?

Como vimos, as clínicas populares são bem-sucedidas pois vieram para cobrir uma lacuna deixada por um lado o atendimento ineficiente do serviço público (ainda que seja um direito de todo cidadão brasileiro) e por outro, os preços muitas vezes exorbitantes dos planos de saúde.

Deu certo. A brecha preenchida começou a crescer e, atualmente, é bem-vista e utilizada por muitas pessoas. As consultas são oferecidas a preços populares e o atendimento em menor tempo — se comparado ao SUS é um dos fatores do crescimento das clínicas médicas populares.

Outro fator pode estar relacionado com o crescimento das clínicas populares: expansão do comércio pela periferia, como nas comunidades da região metropolitana de São Paulo nas últimas décadas.

Quais tipos de serviços são prestados por elas?

As clínicas populares funcionam da mesma forma que as clínicas particulares, mas com preços de consultas, exames e procedimentos muito mais acessíveis. Em geral, elas contam com médicos de várias especialidades como:

  • endocrinologistas;
  • dermatologistas;
  • oftalmologistas;
  • cardiologistas;
  • ginecologistas;
  • pediatras etc.

Quais são as principais oportunidades para os médicos?

Com as clínicas populares, os médicos estão diante de um novo cenário, devido às novas oportunidades para médicos pela maior flexibilidade de atuação.

Isso porque grande parte dos profissionais que atendem usuários de planos de saúde ficam insatisfeitos com os baixos valores de repasse realizados por cada atendimento realizado. Também deve ser levado em consideração os altos custos de manutenção de consultórios, fator que afeta a qualidade do atendimento. Nas clínicas populares, para que o atendimento seja com menor custo, a própria estrutura já é pensada para ser o mais econômica possível.

Quais as vantagens de atuar nesse nicho de mercado?

Se você já gostou de ler até aqui sobre o crescimento das clínicas médicas populares e está ansioso para entrar nesse mercado, precisa conhecer os principais benefícios desse nicho para se convencer de ver. Confira!

Infraestrutura pronta

Os médicos que atuam em uma clínica médica popular podem se ocupar de prestar um bom atendimento aos seus pacientes sem ter que se preocupar com gestão, custos e demandas para manter o consultório (ou uma clínica) em funcionamento.

Isso porque, o local (que muitas vezes é uma franquia) já oferece recepção, atendimento, além dos insumos necessários com um repasse mínimo das despesas ao profissional.

Remuneração vantajosa

Se os planos de saúde repassam valores considerados baixos por muitos médicos e dentistas (aproximadamente 40% do valor da consulta), esse tipo de clínica popular repassa cerca de 60% e sem as despesas extras.

Já os pagamentos costumam ser facilitados, já que a maioria dos pacientes paga pelos serviços prestados em dinheiro ou débito automático. Além disso, o grande fluxo de atendimentos é capaz de garantir uma maior renda aos médicos especialistas. Assim, se colocarmos na ponta do lápis, o profissional pode ganhar cerca de três vezes mais.

Agenda cheia

A quantidade de pacientes atendidos por essas clínicas é alta, justamente pela lacuna de mercado ainda pouco explorada. Assim, a parcela populacional que não possui recursos para pagar consultas e exames em clínicas particulares tradicionais encontra, nessa modalidade de atendimento médico (e odontológico) a solução para as suas necessidades. Além disso, a gestão planejada visa garantir que o fluxo de pacientes seja constante na agenda dos profissionais.

Lucratividade

Já os médicos que decidem empreender nessa área — para ele e outros profissionais atuarem — têm a certeza de ter investido em um negócio seguro, já que a busca pela saúde é primordial a todos.

Dito isso, o custo-benefício gerado pela lucratividade elevada e retorno de investimento mais rápido é muito bom. Isso é possível graças à otimização de recursos. Dessa forma, os pacientes são bem atendidos em consultas eficientes, além de a infraestrutura ser bem explorada, com a rotatividade pretendida para manter os consultórios sempre ocupados.

Senso de propósito

Nas clínicas populares fica muito mais fácil para o profissional exercer seu comprometimento com a saúde dos cidadãos, já que as clínicas de baixo custo representam a democratização da saúde. Com isso, quem precisa de cuidados em saúde é atendido com qualidade e respeito.

O que achou do conteúdo?

Esperamos que este post tenha esclarecido o conceito, as informações sobre o crescimento das clínicas médicas populares e os serviços que elas oferecem. Por fim, você viu quais são as principais oportunidades para os médicos e as vantagens de atuar nesse nicho.

Agora, nos siga em nossas redes sociais para ter acesso a mais conteúdos interessantes e importantes como esse assim que forem publicados! Estamos no Instagram, LinkedIn, YouTube e Facebook.

Autor(a)

Os médicos que leram esse post, também leram:

Todos os Posts