Como é o mercado de trabalho para o médico em Belo Horizonte?

O mercado de trabalho para quem faz Medicina é bastante diversificado e aquecido no Brasil. No entanto, as chances de sucesso na carreira dependem muito da região onde o médico atua e da especialidade que escolhe.

Em algumas regiões há ainda mais oportunidades de emprego em instituições como hospitais, clínicas, centros de pesquisa, universidades, faculdades ou no serviço público. Nesse locais, muitos profissionais também optam por montar seu próprio consultório particular, com uma grande cartela de pacientes.

Como é o mercado para o médico em Minas Gerais?

Em Minas Gerais, o cenário é favorável para quem escolheu a carreira médica, pois há uma demanda crescente por profissionais qualificados e uma oferta limitada de profissionais. Segundo o Conselho Regional de Medicina do Estado de Minas Gerais (CRM-MG) com dados da Demografia Médica 2023, existem 62.266 mil médicos registrados no estado, sendo que 21.829 médicos atuam na capital Belo Horizonte.

E quanto à capital Belo Horizonte?

A capital mineira Belo Horizonte é considerada um polo de referência em saúde, com hospitais de excelência, como o Hospital das Clínicas da UFMG, o Hospital Mater Dei e o Hospital Felício Rocho, além de diversas clínicas e centros de reabilitação.

As especialidades mais procuradas em Belo Horizonte são as relacionadas à saúde da mulher, como Ginecologia e Obstetrícia, à saúde do idoso, como Geriatria, e à saúde do trabalhador, como Medicina do Trabalho. Outras áreas que se destacam são Cardiologia, Dermatologia, Oftalmologia e Ortopedia.

Qual o salário de um médico em Belo Horizonte?

Os salários dos médicos em Minas Gerais variam de acordo com a especialidade, a carga horária, o tipo de vínculo empregatício e a experiência do profissional. De acordo com o site Salário.com.br, a média de remuneração dos médicos no estado é de R$ 9.472,00 para uma jornada de trabalho de 20 horas semanais. Já na capital Belo Horizonte, a média salarial é de R$ 10.347,00 para a mesma carga horária. O teto de algumas especialidades pode passar dos R$ 15.000,00 para 20 horas semanais em BH.

Quais são as especialidades mais procuradas?

De acordo com levantamento do estudo Demografia Médica 2023, é possível levantar algumas informações sobre especialidades bastantes procuradas pelos profissionais mineiros. Levando em consideração a distribuição de médicos pelo estado, podemos dizer que pouco menos da metade dos médicos especialistas atendem na grande BH. Essas especialidades refletem as necessidades da população mineira. São elas:

  • Clínica Médica: 6.592
  • Pediatria: 5.341
  • Medicina de Família: 1.503
  • Ginecologia e Obstetrícia: 4.083
  • Cirurgia Geral: 4.131
  • Cardiologia: 2.396

Como a pós-graduação médica pode aumentar sua empregabilidade em MG?

Muitos médicos que desejam se especializar em uma determinada área estão buscando opções de formação médica continuada, como a pós-graduação médica lato sensu. Essa modalidade de ensino é oferecida por instituições e confere um certificado ao médico após a conclusão do curso. Dependendo da área, depois da pós-graduação, o médico pode prestar a prova de título de especialista na associação médica da sua especialidade.

Quais os benefícios de uma pós-graduação médica?

  • Ampliar o campo de atuação: ao fazer uma pós-graduação médica, o profissional pode se habilitar para exercer novas funções e atender novas demandas do mercado de trabalho;
  • Atualizar-se sobre as novidades da área: a Medicina é uma ciência que está em constante evolução, com novas pesquisas, técnicas e tecnologias surgindo a todo momento. Fazer uma pós-graduação médica permite ao profissional se manter atualizado sobre as inovações da sua área de interesse, garantindo um atendimento mais eficaz e seguro aos seus pacientes;
  • Reconhecimento e a credibilidade: ao fazer uma pós-graduação médica, o profissional demonstra seu compromisso com a qualidade e a excelência do seu trabalho, aumentando seu reconhecimento e sua credibilidade no mercado. Além disso, ao estudar em uma instituição renomada como a Afya Educação Médica, o profissional conta com o respaldo de um corpo docente qualificado e experiente, que pode contribuir para sua formação e seu networking;
  • Desenvolver competências gerenciais e empreendedoras: além dos conhecimentos técnicos, fazer uma pós-graduação médica também pode ajudar o profissional a desenvolver competências gerenciais e empreendedoras, que são essenciais para quem deseja gerir seu próprio consultório ou clínica, ou mesmo liderar equipes e projetos na área da saúde.
Autor(a)

Os médicos que leram esse post, também leram:

Todos os Posts