Conheça 5 dicas para deixar seu paciente mais à vontade durante as consultas

Autor(a)

Não é fácil se consultar com um médico que você ainda não conhece e falar sobre algum problema muito pessoal. Por isso, é muito importante que o médico deixe o paciente o mais à vontade possível logo no seu primeiro contato e consiga fazer com que não se sinta acanhado durante o atendimento. Pensando nisso, preparamos este artigo com algumas dicas práticas para deixar seu paciente à vontade de um jeito simples. Confira!

Crie um ambiente agradável

Uma boa apresentação da sala de entrada de um consultório é fundamental para já deixar o paciente à vontade antes mesmo de cumprimentar o médico. Tente deixar a recepção bem agradável, com móveis confortáveis, banheiro à disposição, opções para o paciente se distrair enquanto aguarda a consulta (revistas e jornais recentes, televisão e rádio, brinquedos para crianças) e bebidas como água, café e chá. O consultório precisa ser acolhedor, portanto, pense bem na decoração e nos móveis. Outra boa dica é treinar bem sua equipe da recepção para que ofereçam um atendimento de qualidade e deixem o paciente tranquilo e bem informado.

Demonstre boa vontade e escute o que o paciente tem a dizer

Seja sempre cordial, paciente, solícito e cumprimente o paciente com um sorriso no rosto. Chame-o pelo nome, procurando pronunciá-lo corretamente e sempre o olhe nos olhos durante o atendimento para transmitir confiança. Faça com que ele se sinta bem-vindo. Outra dica importante é não deixar de ouvir todas as queixas e questionamentos do paciente e estar disposto a respondê-los, assim  você pode deixá-lo mais confiante com o seu trabalho.

Converse para aliviar a tensão

É interessante aliviar a tensão inicial do atendimento falando sobre assuntos cotidianos e corriqueiros. Pergunte ao paciente sobre sua família, sua profissão, sua rotina e o clima, por exemplo. Evite, no entanto, tocar em assuntos polêmicos, pois o que você quer é quebrar o gelo e não iniciar um debate!

Evite muitos termos técnicos

Explique o diagnóstico, tratamento e dúvidas da forma mais clara e precisa possível ao paciente e não seja tão formal. Além de prejudicar o entendimento do paciente, esta atitude pode deixá-lo receoso e impedir que ele volte para uma nova consulta no consultório. O ideal é usar expressões simples, pronunciadas em voz moderada e clara. Tenha paciência caso a pessoa queira uma informação e, se necessário, repita-a quantas vezes o paciente pedir. Nunca o deixe sair da consulta com dúvidas ou questionamentos. Para deixa-lo ainda mais à vontade e sem dúvidas, você pode apostar em alguns aplicativos que ajudam o paciente a visualizar o que o médico está ilustrando. Você pode conferir algumas opções de apps neste artigo.

Fale a verdade

Pode ser difícil dar más notícias ao paciente, mas, muitas vezes, o silêncio não traz alívio ou conforto, pelo contrário, causa ansiedade e expectativa. Falar a verdade sobre as reais condições de um paciente não é somente um direito dele, mas é fundamental para deixá-lo ciente de seu diagnóstico, prognóstico, riscos e objetivos do tratamento. Nunca omita nenhuma informação e seja sempre claro e transparente.

E você, como faz para deixar seus pacientes à vontade? Tem alguma outra dica? Conte pra gente!

Os médicos que leram esse post, também leram:

Todos os Posts